OMS pede a timorenses que apoiem Governo na vacinação

O representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Timor-Leste, Arvind Mathur, pediu ao povo timorense que apoiasse o Governo na implementação do Plano Nacional de Vacinação no país.

Ainda segundo o próprio, a população deve apoiar igualmente aqueles que vão receber primeiro as vacinas, entre os quais profissionais de saúde, as Falintil – Forças de Defesa de Timor-Leste, a Polícia Nacional de Timor-Leste, os jornalistas e as pessoas que têm patologias.

Mathur considera que o povo deve conhecer o esforço que o Governo está a fazer para trazer a vacina contra a Covid-19 para o país. De acordo com o representante, trata-se de uma vacina segura na proteção das pessoas em situação de risco.

Mais 100 mil doses da AstraZeneca deverão chegar no final deste mês de fevereiro, estando previstas outras 160 mil para entre abril e maio. No entanto, lembrou, a vacina não irá eliminar o surto da Covid-19, sendo necessário manter medidas preventivas, como o uso de máscara, o distanciamento social e as regras de higienização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



Artigos relacionados

Cabo Verde: Santo Antão sofreu redução “drástica” de turistas

Cabo Verde: Santo Antão sofreu redução “drástica” de turistas

A ilha cabo-verdiana de Santo Antão registou uma redução “drástica” no número de turistas em 2020, uma vez que foram contabilizados apenas 12.620 no ano passado. Este…
Moçambique: BM faz previsão económica positiva para o país

Moçambique: BM faz previsão económica positiva para o país

O Banco Mundial (BM) prevê que a economia moçambicana recupere gradualmente ainda neste ano de 2021. No entanto, alerta para os riscos significativos de uma queda, devido à incerteza sobre o caminho…
Timor-Leste: Ministério Público tem 2.577 processos pendentes

Timor-Leste: Ministério Público tem 2.577 processos pendentes

O Procurador-Geral da República de Timor-Leste, Alfonso Lopez, informou que o Ministério Público registou 2.577 casos pendentes a nível nacional. O anúncio foi…
Estreia "Calígula morreu. Eu não" no D. Maria II, uma coprodução que junta Portugal e Espanha

Estreia "Calígula morreu. Eu não" no D. Maria II, uma coprodução que junta Portugal e Espanha

“Calígula morreu. Eu não“, espetáculo com encenação de Marco Paiva e texto da dramaturga espanhola Clàudia Cedó, chega à Sala…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin