Timor-Leste: 43% da população não consegue alimentos nutritivos

O relatório do Programa Alimentar Mundial (PAM) indica que 43% da população timorense tem dificuldade em atingir a segurança alimentar. Esta situação leva ao aumento da taxa de má nutrição no país.

Segundo o representante do PAM em Timor-Leste, Dageng Liu, o país apresentou na última década melhorias significativas no que diz respeito ao combate à fome. Foi registada uma diminuição de 46,9% para 34,3%. O problema é que 42% do povo continua a viver com menos de um dólar e cinquenta centavos por dia.

“Estes altos índices de desnutrição encontram-se nas mulheres e crianças. As pesquisas nacionais apontam para duas em cada três crianças com menos de cinco anos a sofrerem de anemia e quatro em cada dez mulheres com idade entre os 15 e os 49 anos sofrem do mesmo problema de saúde”, partilhou.

“A situação é preocupante. É precisa uma maior intervenção imediata no combate a este problema”, prosseguiu.

Também de acordo com o relatório do PAM, as taxas de desnutrição infantil permanecem “alarmantes”, já que 53% dos meninos e 47% das meninas sofrem de baixa estatura e 13% dos meninos e 9% das meninas têm nanismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin