Timor Leste

Timor-Leste: Alkatiri apresenta queixa sobre acusação do CNRT

Mari Alkatiri com Xanana Gusmão

O secretário-geral da Fretilin, Mari Alkatiri, apresentou nesta terça-feira, 07 de julho, uma queixa ao Ministério Público sobre a acusação que membros da Comissão Política Nacional do CNRT lhe dirigiram.

Alkatiri já reagiu ao facto de ter sido acusado de receber dinheiro como suborno para favorecer a empresa petrolífera ConocoPhillips

“Enquanto cidadão quero apresentar uma queixa ao Ministério Público pelo facto de o CNRT me acusar de corrupção, favorecendo a empresa internacional ConocoPhillips”, começou por dizer.

“Esta acusação indevida tem como objetivo denegrir o meu nome e a minha dignidade e reputação. A denúncia não tem qualquer base legal, na medida em que as acusações foram publicadas nos media”, acrescentou.

As declarações foram feitas aos jornalista depois da entrega da referida queixa ao Ministério Público e à Procuradoria-Geral da República em Colmera, Díli. O objetivo é então abrir um processo de investigação.

“Penso que este caso já chegou ao público em geral, pelo que solicito que parem de abusar da minha tolerância. A justiça deve agir para acelerar a sua investigação”, concluiu assim.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo