Timor-Leste: Banco Mundial aprova crédito concessionado de 59 milhões de dólares ao país

O Banco Mundial (BM) revelou que aprovou um crédito concessionado de 59 milhões de dólares (53,58 milhões de euros) para que Timor-Leste possa dar início ao processo de reabilitação da estrada que liga Gleno e Hatubuilico, a sul de Díli, capital do país.

O projeto de 44,3 quilómetros surge no âmbito do programa de estradas do BM para Timor-Leste, tendo como objetivo ligar, a Sul da capital, as localidades de Gleno e Letefoho, zonas de grande produção de café, à vila de Hatubuilico, principal ponto de acesso ao Monte Ramelau, sendo este o mais alto do território timorense e um dos locais mais visitados pelos turistas.

A segunda fase do projeto consiste na ligação das vias ao já concluído corredor rodoviário Díli-Ainaro, “melhorando drasticamente o acesso e a segurança nas estradas para turistas, agricultores e produtores de café”.

“Este é o segundo grande projeto de infraestrutura de transporte do Banco Mundial em Timor-Leste e o primeiro grande projeto a ser anunciado como parte de nosso novo Quadro de Parceria para Timor-Leste 2020-2024”, afirmou o representante da instituição em Díli, Macmillan Anyanwu.

“Este investimento terá impactos positivos em vários setores, especialmente para o turismo e os cafeicultores, e é um passo importante para aumentar a produtividade através de uma infraestrutura de conexão melhorada”, acrescentou.

A obra de reabilitação vai ser implementada pelo Ministério das Obras Públicas e financiado com um crédito concessionário da Associação Internacional de Desenvolvimento do BM. Caberá ao Governo timorense contribuir igualmente para a mesma, com 11,8 milhões de dólares (10,72 milhões de euros), estando o início da obra previsto para setembro de 2020 e a conclusão até dezembro de 2023.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné Equatorial acolhe delegação da CPLP

Guiné Equatorial acolhe delegação da CPLP

Uma delegação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) aterra na Guiné Equatorial esta segunda-feira, 07 de março, segundo…
Cabo Verde:Ilha do Sal, profissionais da saúde promovem feira de saúde

Cabo Verde:Ilha do Sal, profissionais da saúde promovem feira de saúde

A comunidade da Ribeira Funda, no Sal, foi beneficiada com uma feira de saúde, que ofereceu serviços e orientações de…
Reino Unido reforça sanções contra oligarcas russos

Reino Unido reforça sanções contra oligarcas russos

O Reino Unido informou que vai reforçar as sanções contra a Rússia através de uma aprovação de legislação ocorrida nesta…
Entrevista a Olga Boyechko: "Nós temos de olhar para a Rússia como para a Alemanha Nazi nos anos 40"

Entrevista a Olga Boyechko: "Nós temos de olhar para a Rússia como para a Alemanha Nazi nos anos 40"

Olga Boyechko, de 23 anos, é uma cidadã de origem ucraniana, que vive em Portugal há quase 19 anos. É…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin