Timor-Leste: CE e CSDS recomendam extensão do Estado de Emergência

O Conselho de Estado (CE) e o Conselho Superior de Defesa e Segurança (CSDS) de Timor-Leste recomendaram ao Presidente da República, Francisco Guterres Lu-Olo, que enviasse uma carta ao Parlamento para um novo debate sobre o pedido de renovação do Estado de Emergência. 

A recomendação foi feita nesta quarta-feira, 26 de maio. Caso venha a ser renovado, tratar-se-á do XV Estado de Emergência no país. 

“Os dois conselhos sugeriram ao chefe de Estado que enviasse uma carta ao Parlamento Nacional para que os deputados possam proceder à votação na próxima sexta-feira”, declarou à imprensa o assessor político presidencial, Gregório Sousa. 

A informação foi avançada depois do final do encontro entre o CE e o CSDS, realizado no Palácio da Presidência, em Díli. Gregório Sousa acrescentou que Lu-Olo já recebeu na semana passada o pedido do Governo sobre o prolongamento do Estado de Emerência, devido ao aumento do número de casos de Covid-19 no país. 

Foi igualmente referido que, devido à propagação do novo coronavírus, o CE e o CSDS decidiram, por unanimidade, apoiar o Presidente da República no pedido de uma nova extensão do Estado de Emergência, de maneira a conter a pandemia. Quanto às medidas do Estado de Emergência, acrescentou, caberá ao Governo decidi-las.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin