Timor-Leste chega a 25% de casas construídas para desfavorecidos

O Diretor-Geral de Desenvolvimento Rural do Ministério da Administração Estatal de Timor-Leste, Rosito Guterres, declarou que a construção de casas para famílias desfavorecidas no âmbito do projeto “Uma Kbi’it La’ek” (UKL, em tétum) alcançou os 25% em 12 municípios.

“A construção de casas no âmbito do ‘Uma Kbi’it La’ek’ para 1.254 beneficiários em todo o território nacional já atingiu os 25%, com exceção da Região Administrativa Especial de Oecusse e Ambeno (RAEOA), disse.

A mesma fonte acrescentou que a construção nos municípios de Covalima, Díli, Liquiçá e Manufahi atingiu os 50%. A expectativa é finalizar algumas construções até ao final de agosto.

Rosito Guterres afirmou que o Governo prevê 34 milhões de dólares norte-americanos (cerca de 28 milhões de euros) para o projeto de construção “Uma Kbi’it La’ek”. Dessa quantia, 25 milhões de dólares são para obras e o restante é para a aquisição de equipamentos e o pagamento de salários dos trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Líder do MDM desmente tensão com José Domingos

Moçambique: Líder do MDM desmente tensão com José Domingos

O presidente do MDM, Lutero Simango, desmentiu publicamente as desavenças com o secretário-geral do partido, José Domingos. Segundo o dirigente, não existe um ambiente turvo entre…
Angola: JES defende diálogo com Costa Júnior

Angola: JES defende diálogo com Costa Júnior

O ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos defende um diálogo com o líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior. O antigo governante…
Timor-Leste: MTC vai rever lei de importação de veículos

Timor-Leste: MTC vai rever lei de importação de veículos

O ministro dos Transportes e Comunicações (MTC), José Agustinho da Silva, concordou com o pedido feito pela Autoridade Aduaneira sobre rever a…
Afeganistão: Talibãs garantem educação e emprego para as mulheres

Afeganistão: Talibãs garantem educação e emprego para as mulheres

O governo talibã no Afeganistão quer dar às mulheres o acesso à educação e emprego e conseguir “a misericórdia e compaixão” internacional para…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin