Timor Leste

Timor-Leste: CNRT abandona Parlamento em protesto

Parlamento de Timor-Leste

A bancada do Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste (CNRT) abandonou a sessão solene de abertura da nova sessão legislativa no Parlamento Nacional. Esta foi a forma de protesto adotada pelo facto de a televisão pública não ter transmitido parte da sua intervenção. 

Segundo o deputado Adérito Hugo da Costa, a saída do partido ocorreu porque a Rádio-Televisão Timor Leste (RTTL) não transmitiu os primeiros cinco minutos de intervenção da bancada. A justificação dada para tal foi de que houve um corte de energia. 

No entanto, o CNRT considera que o que aconteceu é na verdade uma tentativa para calar a formação política liderada por Xanana Gusmão. Depois de tal ter acontecido, os membros do CNRT levantaram-se e abandonaram a sessão plenária em jeito de protesto. 

No evento estava presente o Presidente da República de Timor-Leste, Francisco Guterres Lu-Olo. 

O discurso foi transmitido na integra pela rádio do Parlamento Nacional. Através desse meio foi possível ouvir mais uma vez as críticas a Lu-Olo por não dar posse a membros do CNRT no VIII Governo. O governante foi igualmente criticado por ter recusado mais tarde a nova coligação liderada por Xanana Gusmão. 

Houve ainda críticas ao processo de eleição do atual presidente do Parlamento Nacional, numa sessão marcada por incidentes sem precedentes na Assembleia. Isto porque na altura houve agressões entre deputados, mesas derrubadas, gritos, empurrões e a intervenção de agentes policiais. Para o CNRT há assim o risco de “uma ditadura de partido único”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo