Timor-Leste: CNRT comunica saída do Governo

Xanana Gusmão na imagem

O Congresso Nacional da Reconstrução Timorense (CNRT) comunicou ao primeiro-ministro, Taur Matan Ruak, a saída da sua força política do Executivo. Foi o líder do CNRT, Xanana Gusmão, quem recomendou aos membros do Governo que se demitissem.

O antigo Presidente da República de Timor-Leste sugeriu “a todos quantos foram, em junho de 2018, indicados pelo partido e empossados como parte do atual Governo, a resignarem de livre vontade”.

O comunicado foi feito através de uma carta, onde Xanana afirma publicamente “que o CNRT, como partido, retira-se politicamente da constituição do atual Governo”. O ex-Presidente recomendou “a todos quantos foram, em junho de 2018, indicados pelo partido e empossados como parte do atual Governo, a resignarem de livre vontade”.

O dirigente deu assim “liberdade de escolha a quem quer que seja que, por razões puramente pessoais, pretenda manter-se no atual Governo”. No entanto, alertou que quem o fizer “perde todos os laços políticos com o partido”, não podendo representá-lo “em decisões que vierem a tomar, enquanto membros do Governo”.

O comunicado é feito após o político timorense ter mencionado a “profunda remodelação do Governo”, pela qual felicitou Matan Ruak. Esta decisão da saída política do CNRT foi tomada a 30 de abril, numa reunião da Comissão Política Nacional da formação política, mas acabou por ser comunicada ao primeiro-ministro apenas a 07 de maio.

O Governo tem, atualmente, vários membros do CNRT ou indigitados por este partido, incluindo os ministros de Estado na Presidência do Conselho de Ministros, dos Negócios Estrangeiros, da Educação e a ministra interina das Finanças, entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Guterres inclui Israel na lista de infratores por crimes contra crianças

Guterres inclui Israel na lista de infratores por crimes contra crianças

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, decidiu juntar o exército de Israel à lista global de…
Stoltenberg diz que nenhum país da NATO está sob ameaça imediata da Rússia

Stoltenberg diz que nenhum país da NATO está sob ameaça imediata da Rússia

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, declarou nesta sexta-feira, 07 de junho, que não existe ameaça militar imediata da Rússia…
Lisboa e Florianópolis conectadas por três novas ligações semanais pela TAP

Lisboa e Florianópolis conectadas por três novas ligações semanais pela TAP

A TAP Air Portugal vai voar para Florianópolis, capital do Estado de Santa Catarina, no sul do Brasil, a partir…
Angola: Venâncio relança preparação de candidatura à presidência do MPLA

Angola: Venâncio relança preparação de candidatura à presidência do MPLA

O antigo pré-candidato à liderança do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), António Venâncio, convocou uma conferência de imprensa…