Timor-Leste conta com cooperação da OMS em 2022

A Organização Mundial da Saúde (OMS) em Timor-Leste informou que vai manter a cooperação com o Ministério da Saúde do país em 2022, segundo a “Tatoli”.

“A OMS apoiou este ano a Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) de cinco hospitais de referência, Baucau, Maliana, Maubisse, Oé-Cusse, e Suai [em Covalima], com equipamentos, e espera que se mantenha [a cooperação] em 2022 com o ministério”, disse o representante da OMS no país, Arvind Mathur.

“Um dos planos da organização é a formação de profissionais de saúde nas áreas do laboratório e do sistema de gestão de saúde”, acrescentou.

Para além do apoio contra a Covid-19, prosseguiu, a OMS quer apoiar outros programas do Ministério da Saúde, principalmente a vacinação de grávidas e os cuidados de saúde para doenças não contagiosas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin