Timor Leste

Timor-Leste: Destruídas 900 casas desde agosto devido a desastres naturais

Díli, capital de Timor-Leste

Os desastres naturais que ocorreram este ano em Timor-Leste, nomeadamente ventos fortes e incêndios, deixaram pelo menos cinco mortos, 11 feridos e mais de 900 casas destruídas desde agosto, com o Governo a preparar apoio de emergência para centenas de famílias afetadas.

Segundo os dados mais recentes da Secretaria de Estado da Proteção Civil, grande parte da destruição foi registada em outubro, tendo causado dois mortos, dois feridos e destruído 714 casas e quatro edifícios públicos. Esta destruição ocorreu em dez dos doze municípios do país, além de no enclave de Oecusse Ambeno. O maior impacto aconteceu no município de Ermera, onde foram destruídas 490 casas.

O Governo timorense já canalizou, alegadamente, apoio para centenas de famílias afetadas, estando atualmente a ser estudado um reforço extraordinário no orçamento de 2019, no valor de cinco milhões de dólares (4.507.580 euros), para apoio adicional.

Entretanto, fontes do Governo afirmaram que os responsáveis da Proteção Civil estão a analisar com as agências das Nações Unidas em Timor-Leste eventuais apoios adicionais de emergência.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo