Timor-Leste e Japão assinam 4.º acordo de cooperação sobre recursos humanos

Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Timor-Leste e a Embaixada do Japão no país assinaram o quarto acordo do projeto Bolsa de Desenvolvimento dos Recursos Humanos. Este visa auxiliar jovens timorenses a prosseguirem os estudos em território japonês. 

“O desenvolvimento dos recursos humanos é uma das chaves para a construção de um país. O Governo do Japão ofereceu várias bolsas de estudos a timorenses. Mais de dois mil já estudaram no Japão, uns a curto, outros a longo prazo. O programa em causa irá criar oportunidades para os jovens, para que possam assumir cargos de liderança no futuro em Timor-Leste”, declarou o embaixador japonês, Masami Kinefuchi, citado pela “Tatoli”. 

As afirmações foram feitas à margem da assinatura do documento de entendimento, efetuada no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Timor-Leste, em Díli, capital timorense. Também o vice-ministro do referido ministério, Julião Silva, salientou a importância do apoio financeiro em questão. 

“Agradeço o generoso empenho do Governo nipónico em prestar assistência ao país. Hoje é um momento especial para os dois países, com a assinatura do acordo em causa, essencial para o desenvolvimento dos recursos humanos de Timor-Leste”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin