Timor Leste

Timor-Leste é segundo pior país com índice “alarmante” de fome

Timor-Leste tem níveis “alarmantes” de fome, sendo o segundo pior classificado entre 107 países, a seguir ao Chade. A informação foi avançada na última edição do Índice Global da Fome (IGF). 

O relatório, que atribui ao país governado por Francisco Guterres Lu-Olo um IGF de 37,6 (num máximo de 100, a pior classificação), considera a situação “alarmante”. Esta falta de alimentos por parte da população timorense tem vindo assim a agravar-se nos últimos anos. 

Os autores do documento explicaram ainda que tal se deve a “uma série de fatores que tem contribuído para a insegurança alimentar crónica em Timor-Leste”. Entre esses fatores destacaram então a produtividade agrícola baixa, um consumo alimentar inadequado, “tanto em quantidade como qualidade”, e a dependência de muitos timorenses em estratégias “únicas de baixo valor de subsistência”. 

A infraestrutura básica de saneamento, água limpa, estradas, irrigação, escolas e saúde é pobre, sendo igualmente baixo o nível de capital financeiro e humano do país”. 

“Os riscos climáticos têm também tido impactos negativos (IPC 2019)”pode ler-se. 

Entre as preocupações destacadas no relatório é realçada principalmente a da desnutrição infantil, “com mais de metade das crianças a sofrer de nanismo e quase 15% das crianças a sofrer debilitação”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo