Europa | Timor Leste

Timor-Leste e UE discutem Política de Apoio Orçamental

O Governo timorense e a União Europeia (UE) realizaram um diálogo sobre a Política de Apoio Orçamental da UE. A conversa relacionada com os programas de apoio orçamental incidiu em três tópicos.

Um desses tópicos foi o da Gestão das Finanças Públicas, da responsabilidade do ministro das Finanças, Fernando Hanjam, e do Embaixador da UE, Andrew Jacobs. Outro foi o da Nutrição, abordado pela ministra da Saúde, Odete Freitas Belo, e pelo mesmo diplomata europeu. Por fim, o da Desconcentração e Descentralização, dirigidas pelo ministro da Administração Estatal e o Embaixador da UE.

A conversa serviu então para serem avaliados os progressos na implementação de políticas que assentam nessas três áreas prioritárias. O objetivo era identificar assim os obstáculos e ouvir várias opiniões, inclusive a da sociedade civil.

Foi no dia 02 de julho que a UE transferiu 7,6 milhões de dólares americanos para a conta do Tesouro timorense, de forma a acelerar os três setores essenciais para o desenvolvimento sustentável em Timor-Leste.

O diálogo sobre a Política de Apoio Orçamental, ocorrido no Auditório Xanana Gusmão, no Ministério das Finanças, contou ainda com a presença da vice-ministra das Finanças, Sara Lobo Brites, do vice-ministro da Saúde, Bonifácio Maucoli dos Reis, do vice-ministro da Administração Estatal, Lino de Jesus Torrezão, e do Embaixador de Portugal, José Machado Vieira.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo