Timor-Leste em risco de grave crise nos preços com conflito na Ucrânia

Programa Alimentar Mundial (PAM) avisa que o conflito existente na Ucrânia pode vir a causar aumentos adicionais de preços nos produtos alimentares em Timor-Leste. Este país já registou em 2022 uma inflação sem precedentes na última década. 

“É pouco provável que o aumento da inflação seja transitório ou que, em breve, se acalme com a evolução global atual”, explicou o responsável do PAM em Díli, Dageng Liu, citado pela “Lusa”. 

“Tipicamente, os mais afetados pelo aumento dos preços dos alimentos são os pobres urbanos e rurais que dependem do mercado para aceder aos produtos alimentares, o que é suscetível de comprometer a sua capacidade de satisfazer necessidades alimentares essenciais”, acrescentou. 

Numa nota divulgada por Liu pode ler-se que está em causa o efeito que pode haver no fornecimento de trigo à Indonésia, principal exportador para Díli, capital timorense, e que tem na Ucrânia e na Rússia os seus maiores fornecedores do produto. 

A situação já estava comprometida devido à pandemia da Covid-19. “Uma vez que as importações de trigo de Timor-Leste são principalmente provenientes da Indonésia, é provável que o conflito traga alguns desequilíbrios para o mercado local”, referiu o representante da PAM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

O ex-primeiro-ministro angolano e militante do MPLA, Marcolino Moco, afirmou que o partido no poder, tal como o líder João…
Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

A Embaixadora de Moçambique em São Tomé e Príncipe, Osvalda Joana, partilhou a vontade do país que representa em reforçar…
Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

A presidente da Comissão Política Regional do PAICV em Santiago Norte, Carla Carvalho, afirmou que o “grande desafio” do mandato…
Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin