Timor-Leste: Equipamentos para as presidenciais chegam em outubro

O Diretor-Geral do Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE) de Timor-Leste, Acilino Branco, afirmou que o material eleitoral vai chegar ao país entre outubro e novembro. 

Segundo esta fonte, há dois tipos de material, sendo um para o recenseamento eleitoral e outro para as eleições presidenciais. O do recenseamento já chegou a Timor-Leste, começando esse processo eleitoral na próxima quinta-feira, 01 de julho. 

O STAE prepara ainda o lançamento do recenseamento eleitoral em todo o território nacional, estando as presidenciais marcadas para março de 2022. 

O Governo timorense prevê um orçamento de cerca de dois milhões de dólares norte-americanos (1.676.000 euros) para a aquisição destes equipamentos, dos quais farão parte materiais de escritório, como carimbos, tinta e impressoras, além de uniformes para os oficiais das eleições.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: PAICV “muito preocupado” com situação das crianças

Cabo Verde: PAICV “muito preocupado” com situação das crianças

O Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) está “muito preocupado” com a situação da infância no país.  Neste…
Moçambique: Nyusi incentiva empresários sul-coreanos a retomarem investimentos em Cabo Delgado

Moçambique: Nyusi incentiva empresários sul-coreanos a retomarem investimentos em Cabo Delgado

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, está a aproveitar a sua estadia na Coreia do Sul para incentivar…
Angola: Aprovada Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção

Angola: Aprovada Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção

O Governo angolano aprovou a Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção nesta segunda-feira, 03 de junho.  Trata-se de…
Guiné-Bissau: Julgamento dos detidos do ‘Caso 1 de Fevereiro’ adiado por incoerências do Tribunal

Guiné-Bissau: Julgamento dos detidos do ‘Caso 1 de Fevereiro’ adiado por incoerências do Tribunal

O julgamento do suposto golpe de Estado de 1 de Fevereiro de 2022 foi adiado. O Tribunal decidiu suspender a…