Presidente de Timor-Leste, Francisco Guterres Lu-Olo

Timor-Leste: F-FDTL ameaçam líderes de movimento contra Lu-Olo

O chefe das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), major general Lere Anan Timur, ameaçou que vai prender os dirigentes de um recém-criado movimento que pretende manifestar-se contra o Presidente da República, Francisco Guterres Lu-Olo.

A posição foi manifestada perante os jornalistas, em reação ao protesto planeado para esta terça-feira, 01 de setembro, por um novo grupo timorense que defende a resignação do chefe de Estado.

Esse movimento considera que Lu-Olo não respeitou a Constituição e tem atuado mais em defesa dos interesses da sua própria força política, Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (Fretilin), do que de toda a população.

Como tal, referiu ainda, o governante não deu posse a vários membros do maior partido da coligação vencedora das eleições de 2018, o Congresso Nacional da Reconstrução Timorense (CNRT), de Xanana Gusmão.

Entretanto, o comandante das F-FDTL lembrou que o país foi constituído “com a morte e sofrimento de muita gente”. Tendo isso em conta, explicou também, não vai permitir a atuação de “qualquer grupo que venha destruir a unidade dos líderes e da nação”.

Lere Anan Timur acrescentou que o Presidente da República foi eleito pelo voto e que qualquer destituição deve seguir os parâmetros definidos na lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Brasil: Guerra leva o país a escolher produzir fertilizantes em terras indígenas ou comprar do Irão 

Brasil: Guerra leva o país a escolher produzir fertilizantes em terras indígenas ou comprar do Irão 

A ministra da Agricultura do Brasil Tereza Cristina anunciou que vai apresentar um plano nacional para produção de fertilizantes no…
Moçambique: exoneração de Membros do Governo

Moçambique: exoneração de Membros do Governo

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, no uso das competências que lhe são conferidas pela alínea a) do número…
Brasil não assina adesão à ação de 39 países contra o governo de Vladimir Putin 

Brasil não assina adesão à ação de 39 países contra o governo de Vladimir Putin 

O governo brasileiro não aderiu a uma ação de 39 países que solicitaram a abertura de investigações formais contra o…
Brasil vota nas Nações Unidas pela imediata retirada das tropas russas da Ucrânia 

Brasil vota nas Nações Unidas pela imediata retirada das tropas russas da Ucrânia 

A despeito da posição “neutra” declarada pelo presidente Jair Bolsonaro, o Brasil votou nesta quarta-feira (2) pela imediata retirada das…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin