Timor-Leste: FMI prevê um balanço mais positivo sobre a economia do país em 2018

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alterou as previsões económicas sobre Timor-Leste para 2018, tendo as mesmas melhorado, segundo revelam os dados divulgados através do “Regional Economic Outlook” para a Ásia e Pacifico, um dos inúmeros relatórios publicados pelo FMI durante o presente mês de outubro.

A instituição estrangeira tinha uma previsão mais negativa acerca da economia do país no que respeita a este ano, uma vez que, em 2017, a mesma contraiu 4,6%. No entanto, após ter revisto a situação, acabou por se mostrar mais otimista do que em abril, altura em que o relatório indicava que a economia timorense tinha recuado 4,1% no ano passado, o que iria agravar os resultados nos próximos meses.

Os dados do documento preveem ainda que o Produto Interno Bruto (PIB) não-petrolífero poderá crescer este ano até 0,8% em vez de recuar 2%, uma percentagem que tinha sido prevista em abril. O “Regional Economic Outlook” mencionou também a inflação, que, em 2017, foi de 0,6%, tendo ficado muito abaixo da média dos países emergentes da Ásia (3%). A previsão agora é de que atinja os 1,8% este ano e os 2,7% em 2019.

Para o ano está ainda previsto para Timor-Leste um crescimento económico de 5%. O país encontra-se agrupado entre 33 países produtores de petróleo, sendo sete considerados “produtores de petróleo com baixos rendimentos”, entre eles o Iémen, Congo, Papua, Camarões, Nova Guiné, Nigéria e Costa do Marfim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

O ex-primeiro-ministro angolano e militante do MPLA, Marcolino Moco, afirmou que o partido no poder, tal como o líder João…
Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

A Embaixadora de Moçambique em São Tomé e Príncipe, Osvalda Joana, partilhou a vontade do país que representa em reforçar…
Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

A presidente da Comissão Política Regional do PAICV em Santiago Norte, Carla Carvalho, afirmou que o “grande desafio” do mandato…
Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin