Timor-Leste: Governo autoriza acordo com BAD para aeroporto de Díli

O Governo timorense, através do ministro das Finanças, Rui Gomes, e o Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) vão assinar um acordo de financiamento para o Projeto de Expansão do Aeroporto Internacional Presidente Nicolau Lobato, em Díli.

“O Conselho de Ministros concedeu plenos poderes ao ministro das Finanças, Rui Augusto Gomes, para a assinatura do acordo”, afirmou o ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fidelis Magalhães.

Segundo o governante, o Conselho de Ministros autorizou, para a primeira fase de desenvolvimento do projeto, a abertura de três procedimentos de aprovisionamento, do tipo Concurso Público Internacional, para adjudicação de contratos. O objetivo é contratar empresas para a concepção e construção, além de fornecimento de serviços de supervisão e gestão do projeto.

Recorde-se que o BAD aprovou um empréstimo de 135 milhões de dólares norte-americanos (114 milhões de euros) para apoiar o Estado timorense na expansão do aeroporto da capital do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin