Timor-Leste: Governo continua sem taxas em atrações turísticas

O Ministério do Turismo, Comércio e Indústria (MTCI) de Timor-Leste continua a não cobrar taxas aos turistas quando visitam atrações turísticas no país, uma vez que não há um decreto-lei e um diploma ministerial para tal, bem como infraestruturas e atendimento.

“Tal como o Cristo Rei. Muitas pessoas questionam se devem ser efetuadas cobranças aos visitantes deste local. No entanto, se forem aplicadas, necessitamos de um decreto-lei e diploma ministerial”, explicou o Diretor-Geral do Turismo, José Dias Quintas.

Antes da elaboração da lei é necessário responder à questão das infraestruturas básicas, principalmente das casas de banho, parques de estacionamento e boa gestão, entre outras condições, para que os turistas se sintam seguros e confortáveis nestas atrações.

“Um exemplo é Marobo. Como é que se paga casa de banho, como é que se estacionam as viaturas? São, por isso, necessários meios para que as pessoas sintam que o pagamento é merecido”, acrescentou.

No que diz respeito às infraestruturas, é ainda necessária a criação de um plano e uma gestão adequada para que os visitantes não danifiquem as atrações turísticas.

Recorde-se que o Governo timorense criou uma comissão interministerial com a função de desenvolver o turismo, cabendo à mesma discutir a criação de uma legislação apropriada para a cobrança de taxas.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Primeiro-ministro comenta situação de migrantes clandestinos

Cabo Verde: Primeiro-ministro comenta situação de migrantes clandestinos

O primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, assegurou nesta segunda-feira, 16 de janeiro, que o Governo está a…
Brasil: BNDES elegeu novos diretores para o Conselho de Administração

Brasil: BNDES elegeu novos diretores para o Conselho de Administração

O Conselho de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES) elegeu como novos diretores, no último dia…
Moçambique: PR realça "esforços" para pacificação no mandato

Moçambique: PR realça "esforços" para pacificação no mandato

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, salientou os “esforços” realizados para a pacificação como um dos principais marcos…
Moçambique: MISA repudia agressão da Polícia a jornalista da Rádio Comunitária Thumbine na Zambézia

Moçambique: MISA repudia agressão da Polícia a jornalista da Rádio Comunitária Thumbine na Zambézia

O Instituto de proteção de jornalistas na África Austral, em Moçambique, MISA, emitiu um comunicado está terça-feira (17), repudiando com…