Timor-Leste: Governo cria comissão de luta contra tráfico humano

O Governo de Timor-Leste aprovou nesta quarta-feira, 23 de junho, a criação de uma nova Comissão de Luta Contra o Tráfico de Pessoas. Trata-se de uma estrutura prevista na lei, cujo objetivo é auxiliar no cumprimento de um conjunto de compromissos internacionais sobre esta matéria. 

A criação da comissão foi apresentada e aprovada na reunião do Conselho de Ministros pelo ministro da Justiça, Manuel Cárceres da Costa. Desta forma, fica garantida “a existência de uma estrutura de coordenação interministerial especialmente incumbida de coordenar, a nível nacional, as diferentes entidades responsáveis pela prevenção e luta contra o tráfico de pessoas”

A Comissão visa ainda “promover e assegurar a cooperação com as entidades estrangeiras no combate ao tráfico de pessoas, bem como acompanhar a aplicação das disposições das convenções que Timor-Leste tenha ratificado ou venha a ratificar em matéria de tráfico de pessoas”

Nessa nova estrutura estão representados “diversos serviços e entidades públicas, particularmente das áreas da justiça e da segurança, mas também representantes da própria sociedade civil”

Num relatório sobre o tema, a Organização Internacional das Migrações (OIM) indica que o país regista três tipos de trafico de pessoas, entre os quais tráfico para o exterior (70%), de outros países para Timor-Leste (20%) e tráfico interno (10%).

A OIM indica igualmente que Timor-Leste “é um país de destino para homens, mulheres e crianças traficadas com o propósito de trabalho forçado e exploração sexual comercial”, sendo a maioria das vítimas de tráfico mulheres vindas da China, Filipinas Indonésia e Tailândia.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…
Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Segundo a Ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, desde o início de novembro houve um pequeno aumento dos…
Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) de Portugal já reconheceu as qualificações académicas de cerca de 100 cidadãos ucranianos desde…