Pixabay License Grátis para uso comercial Atribuição não requerida

Timor-Leste: Governo forma 32 equipas para auxiliar nas cheias

O Secretário de Estado da Proteção Civil, Joaquim Gusmão, afirmou que o Governo timorense formou 32 equipas para identificarem as residências afetadas pelas inundações. 

“Estes grupos coordenar-se-ão com as autoridades locais para identificarem as vítimas das inundações e, ao mesmo tempo, recolherem dados das habitações danificadas para que o Governo apoie com material de construção, como zinco, pregos, cimento, entre outros”, esclareceu. 

O governante pediu à população que voltasse às suas casas para limpá-las, de maneira a diminuir o número de desalojados nos vários centros de acolhimento. 

Por sua vez, o Coordenador do Centro de Formação Profissional de Dom Bosco Comoro, Adriano Nascimento de Jesus, apelou ao Governo para que auxiliasse na reconstrução e resolvesse a situação desfavorável das crianças nos centros.

“O Governo tem de identificar rapidamente as condições das casas das vítimas, de modo a evitar o surgimento de doenças entre os desalojados, pois existem neste centro mais de dois mil afetados pelas cheias”, referiu. 

O Governo vai, através do Secretário de Estado da Proteção Civil, coordenar-se com os ministérios da Administração Estatal, da Solidariedade Social e Inclusão e da Saúde, de maneira a apoiar a população durante o Estado de Calamidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin