Timor-Leste: Governo inicia jornadas orçamentais do OGE 2022

O Ministério das Finanças de Timor-Leste e a Unidade de Planeamento, Monitorização e Avaliação iniciaram nesta terça-feira, 29 de junho, as jornadas orçamentais. Assim, marcaram a entrada da preparação do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2022

Estas jornadas servem para abordar as questões prioritárias nacionais e determinar o teto fiscal do OGE do próximo ano. Este orçamento é um instrumento que visa “estimular o crescimento económico do país”, declarou o ministro das Finanças, Rui Gomes. 

Assim, continuou, é necessária a realização de vários melhoramentos no documento, inclusive no regime orçamental e na gestão das finanças públicas. “O orçamento é baseado nos programas do Governo para garantir que o levantamento anual das verbas do Fundo Petrolífero, a cobrança de impostos e os pedidos de empréstimo vão ao encontro das necessidades do povo, melhorando a qualidade de atendimento dos serviços públicos e alcançando as metas anuais do Executivo”, referiu, através de um comunicado de imprensa. 

Segundo o governante, a equipa técnica do Ministério das Finanças e da Unidade de Planeamento, Monitorização e Avaliação apresentou na reunião as orientações segundo o Plano Estratégico de Desenvolvimento Nacional de 2011 a 2030, além de ter atualizado os progressos da implementação do Plano de Recuperação Económica.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Chuvas matam três pessoas em Cabo Delgado

Moçambique: Chuvas matam três pessoas em Cabo Delgado

As chuvas intensas que caíram nos últimos dias, no distrito de Chiúre, região sul de Cabo Delgado, causaram a morte…
Cabo Verde: PR condena "actos violentos antidemocráticos" no Brasil

Cabo Verde: PR condena "actos violentos antidemocráticos" no Brasil

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, condenou neste domingo, 08 de janeiro, os “actos violentos antidemocráticos”…
Brasil: ONU condena tentativa de golpe contra a democracia brasileira

Brasil: ONU condena tentativa de golpe contra a democracia brasileira

A mais alta instância da diplomacia internacional emitiu um alerta sobre a crise vivida pelo Brasil. O secretário-geral da ONU,…
Cabo Verde: SINDPROF contra passagem automática dos alunos do 1º ao 4º ano

Cabo Verde: SINDPROF contra passagem automática dos alunos do 1º ao 4º ano

Lígia Herbert, Presidente do SINDPROF, reitera que “é urgente arrepiar caminhos e acabar com as passagens automáticas, para o bem…