Timor Leste

Timor-Leste: Governo prepara negociação para aderir à OMC

Primeiro-ministro de Timor-Leste, Taur Matan Ruak
Primeiro-ministro de Timor-Leste, Taur Matan Ruak

O Governo timorense decidiu mandatar o ministro Coordenador dos Assuntos Económicos, Joaquim Amaral, para dirigir o processo de negociação da adesão do país à Organização Mundial de Comércio (OMC). 

A deliberação foi aprovada em Conselho de Ministros e esclarece que o governante escolhido vai ser coadjuvado por uma equipa composta por representantes da Presidência do Conselho de Ministros, do Ministério das Finanças e do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação. 

Da equipa fazem igualmente parte representantes dos ministérios do Turismo, do Comércio e Indústria, da Saúde, da Agricultura e Pescas e do Petróleo e Minerais. 

Segundo Joaquim Amaral, o calendário prevê que a adesão de Timor-Leste ocorra até ao final de 2021, num processo complexo e que exige preparação detalhada e o apoio dos restantes membros. 

Este processo tem vindo a ser organizado pelo país. Em outubro decorreu um primeiro diálogo por videoconferência para serem analisados os passos a dar. No entanto, Timor-Leste precisará de apoio dos parceiros de desenvolvimento, principalmente a nível técnico, para conseguir acompanhar o processo de adesão e cumprir os requisitos necessários. 

Recorde-se que Timor-Leste é observador da OMC desde o final de 2016.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo