Timor-Leste: Governo quer manter algumas medidas após estado de emergência

O Governo timorense informou que mesmo após o fim do estado de emergência no país, que termina nesta sexta-feira, 26 de junho, vai manter algumas restrições nas fronteiras, entre as quais limitações à entrada de estrangeiros e horários reduzidos, com medidas de controlo sanitário devido à pandemia Covid-19.

De acordo com o ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fidelis Magalhães, serão aprovadas alterações às leis do sistema de saúde e da imigração que permitam continuar a atuar para minimizar os riscos de importação do novo coronavírus.

O país encontra-se no terceiro mês consecutivo de estado de emergência, um regime de exceção que o Executivo decidiu não prolongar, optando por aplicar medidas mais restritivas de controlo nas fronteiras, continuar a recorrer à quarentena e aplicar um regime reforçado de vigilância sanitária e epidemiológica.

Fidelis Magalhães disse que se trata de adotar medidas que ajudem a minimizar o risco de importação de casos de Covid-19, numa altura em que o país está sem casos ativos, tendo o último sido registado há quase dois meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Liga dos Bombeiros Portugueses envia ambulâncias para a Ucrânia

Liga dos Bombeiros Portugueses envia ambulâncias para a Ucrânia

A Liga dos Bombeiros Portugueses anunciou nesta sexta-feira, 04 de março, que vai enviar na segunda-feira para a Ucrânia oito…
Primeiro-ministro português efectua visita de 48 horas à Guiné-Bissau

Primeiro-ministro português efectua visita de 48 horas à Guiné-Bissau

A Guiné-Bissau recebe este sábado 05 Março a visita primeiro-ministro português, António Costa, que permanecerá no país 48 horas. Segundo…
Angola: Isabel dos Santos acusada de ataques informáticos contra imprensa portuguesa

Angola: Isabel dos Santos acusada de ataques informáticos contra imprensa portuguesa

A empresária angolana Isabel dos Santos, filha do ex-Presidente da República José Eduardo dos Santos, está a ser acusada em…
Ucrânia: Conflito causa mais de meio milhão de crianças refugiadas

Ucrânia: Conflito causa mais de meio milhão de crianças refugiadas

A UNICEF avança, através de um comunicado de imprensa, que o conflito na Ucrânia já causou em uma semana mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin