Timor-Leste: Governo usou mais de USD 200 milhões contra a Covid

Ministério das Finanças de Timor-Leste partilhou que já gastou mais de 200 milhões de dólares (cerca de 176 milhões de euros) no combate à Covid-19. Este investimento incluiu a proteção social e medidas de mitigação dos efeitos económicos e sociais da pandemia. 

A mesma fonte revelou que foi gasto até ao final de novembro do ano passado, através do Fundo Covid-19, um total de 200,9 milhões de dólares (177,18 milhões de euros) do total orçamentado de quase 288 milhões de dólares (254 milhões de euros). 

Quanto às medidas em concreto, o programa de moratório de crédito, no valor de dois milhões de dólares (1,765,230 euros), foi totalmente executado, com uma execução de 97% (68,1 milhões de dólares) na Cesta Básica para famílias. 

Já o pagamento de suplementos remuneratórios a profissionais da linha da frente alcançou uma taxa de execução de 97%, o que representa um total de 51,6 milhões de dólares. A medida de apoio a propinas de jovens teve gastos efetivos de 11,1 milhões de dólares (79% do orçamentado) e o apoio a empresas e ao emprego chegou aos 68% de execução, o equivalente a 30,8 milhões de dólares. 

A nível geral, a execução mais elevada correspondeu à categoria de bens e serviços, com quase 150 milhões de dólares (132 milhões de euros) e 76% do orçamentado, com a execução de 46,8 milhões de dólares ou 62% do total alocado na categoria de transferências públicas. 

Recorde-se que o Fundo Covid-19 foi estabelecido em abril de 2020 para “financiar as despesas relativas às medidas de prevenção e combate à doença Covid-19”, o que inclui a aquisição de medicamentos, materiais e equipamento médico usado na prevenção e no combate à pandemia. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin