Timor-Leste: Governo vai dar apoio financeiro a quase 327 mil famílias

O Ministério da Solidariedade Social e Inclusão de Timor-Leste entregou às Finanças uma lista com 326.739 famílias que irão receber um apoio financeiro de 200 dólares (cerca de 183 euros). A medida surge no âmbito da resposta à Covid-19.

Está previsto um apoio mensal de 100 dólares (cerca de 92 euros) até um máximo de três meses, devendo o primeiro pagamento, devido ao atraso na implementação, abranger já dois meses.

A lista final dessas famílias foi entregue para que os pagamentos possam começar a ser preparados, num processo que vai mobilizar vários recursos do Governo e de parceiros nacionais e internacionais.

Segundo o diretor-geral do Ministério da Solidariedade Social e Inclusão, o Governo vai esforçar-se para acelerar o pagamento, cujo atraso tem levantado críticas na sociedade timorense.

O objetivo, explicou, é conseguir iniciar o pagamento antes do final do mês, com os fundos a serem transferidos para contas dos sucos (equivalente a freguesias), que depois entregará às famílias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…