Timor-Leste: INSS vai pagar a empregados do privado em julho

O Presidente do Instituto Nacional da Segurança Social (INSS) de Timor-Leste, Longuinhos Leite, informou que a entidade que representa vai proceder no início de julho ao pagamento a empregados do setor privado, no âmbito da pandemia da Covid-19

De acordo com a mesma fonte, o INSS já registou mais de nove mil trabalhadores e empresas e continuam abertas as inscrições a todas as empresas e trabalhadores até ao fim deste mês de junho. 

“Se não se inscreverem, vão perder os seus direitos”, alertou Longuinhos Leite. 

O INSS apoia com 45,3 milhões de dólares norte-americanos os empregadores do setor privado em todo o território. Este orçamento visa apoiar com um subsídio extraordinário de 70% os empregados por conta de outrem e com 85% os empregados por conta própria. 

Este apoio inclui ainda um subsídio de dispensa contributiva de 40%, um extraordinário de eletricidade com 50% e 30% de um subsídio para arrendamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…