Timor-Leste: Jornalista Virgílio Guterres candidata-se à Presidência da República

O jornalista timorense Virgílio Guterres anunciou, em entrevista à “Lusa”, que vai candidatar-se ao cargo de Presidente da República. Isto porque considera que o país necessita de comunicação, além de recuperar o espírito de solidariedade do passado. 

“Desde pelo menos 2017 que tem faltado a comunicação. Um Presidente mais comunicativo, com todas as forças do país, é importante. Especialmente porque nos temos concentrado demais na liberdade e na igualdade e esquecemos a fraternidade, a irmandade, a solidariedade, que caracterizaram a nossa luta”, afirmou o atual presidente do Conselho de Imprensa. 

“Aos nossos líderes falta comunicação entre si e com o povo. Temos de reconhecer que se vão cometendo erros. Mas também que só cometendo erros desde 1975 é que chegámos à independência”, acrescentou. 

O também ativista político timorense salientou que vai candidatar-se às presidenciais com sentido de “responsabilidade, sacrifício e abnegação”, e pretende que a sua decisão seja igualmente uma “chamada para a responsabilização política” à sua geração. 

“Xanana Gusmão dizia que a luta é a arte de conviver com o inimigo. E governar deve ser outra arte, de conviver com os adversários, de aceitar discordância, de ter tolerância entre as partes. A discordância não é o fim do respeito, não pode servir para trincheiras”, observou. 

“As posições políticas são mais espaços para se autoproclamarem, de parte a parte – sou o tal, faço mais que outro – e não são espaços para o compromisso político de servir o povo. A preocupação com essa situação é que me motiva”, esclareceu. 

A data do sufrágio vai ser divulgada ainda neste mês de janeiro pelo Presidente da República, Francisco Guterres Lu-Olo. Os candidatos têm de formalizar a candidatura no Tribunal de Recurso, devendo obter, pelo menos, cinco mil assinaturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

O Plano Nacional de Habitação de Cabo Verde estima um investimento de 1.500 milhões de euros até 2030. De acordo com a estimativa do referido…
Angola tem autossuficiência em seis produtos alimentares

Angola tem autossuficiência em seis produtos alimentares

O Governo angolano divulgou que o ananás, a banana, a batata-doce, a carne de cabrito, a mandioca e os ovos são os produtos que alcançaram a autossuficiência no país.  Isto…
Moçambique: Época chuvosa condiciona estradas e pontes na zona sul e centro do país

Moçambique: Época chuvosa condiciona estradas e pontes na zona sul e centro do país

A Administração Nacional de Estradas, ANE, IP. lançou dia 12 de janeiro alerta de que distrito de Phafuri, na Provincia…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin