Timor-Leste: KHUNTO deixa nova coligação liderada por Xanana Gusmão

O Kmanek Haburas Unidade Nacional Timor Oan (KHUNTO) anunciou que vai abandonar a aliança dirigida pelo Congresso Nacional da Reconstrução Timorense (CNRT), sendo esta a segunda força do país e liderada por Xanana Gusmão. A decisão consiste no facto de o partido dirigido por José Naimori querer apoiar o atual executivo, do qual continua a fazer parte.

“Em consciência, neste momento (…) e por causa da situação muito difícil, o partido KHUNTO tomou a decisão, considerando o interesse do povo (…) de sair da nova coligação de aliança de maioria parlamentar”, pode ler-se na carta divulgada pela organização política e endereçada a Xanana.

Nessa missiva os líderes do KHUNTO confirmam a vontade da formação política em “sair da nova coligação de aliança de maioria parlamentar”, que era formada por seis forças políticas como alternativa ao atual executivo.

Os dirigentes da organização política justificam a decisão com o facto de continuar a não haver certeza sobre a solução do impasse político que afeta Timor-Leste “nos últimos três anos” e por querer continuar a assumir uma posição que ajude a encontrar “uma solução para esse impasse”.

Desta maneira foi rompido o acordo assinado pelos partidos políticos a 22 de fevereiro, tendo o KHUNTO manifestado, no entanto, “todo o respeito” por Xanana, pelo CNRT e pelas restantes forças políticas da aliança.

“A situação da coligação ainda não foi confirmada nem a aceitação do Presidente da República para a existência dessa coligação enquanto alternativa para formação do IX Governo”, escreveram ainda na missiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

O Vice-Presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Domingos Barreto, informou que o debate público dos candidatos à Presidência da…
Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin