Timor-Leste: Lu-Olo decreta sétimo Estado de Emergência

O Presidente de Timor-Leste, Francisco Guterres Lu-Olo, decretou nesta terça-feira, 27 de outubro, o Estado de Emergência pela sétima vez desde março. A medida, que serve para conter a propagação da Covid-19, tem a duração de 30 dias e irá estar em vigor entre as 00h00 de 04 de novembro e as 23h59 de 03 de dezembro. 

De acordo com a nota de imprensa divulgada, o Estado de Emergência abrange todo o território nacional. Pode ainda ler-se que ficam assim suspensos, parcialmente, os direitos de circulação internacional, a liberdade de circulação e a fixação de residência a qualquer pessoa no território nacional. 

É igualmente destacado o facto de as autoridades públicas competentes continuarem a impor as restrições necessárias à redução do risco de contágio do novo coronavírus. Tal ocorre principalmente na execução de medidas preventivas, como o distanciamento social, a quarentena para qualquer indivíduo suspeito de infeção, o confinamento domiciliário e a obrigatoriedade do uso da máscara, a lavagem das mãos e o distanciamento físico. 

O pedido do Governo para a extensão do Estado de Emergência deve-se à evolução da pandemia a nível mundial, principalmente em países vizinhos, como a Indonésia. O Conselho Superior de Defesa e Segurança (CSDS) e o Conselho de Estado apoiaram, por unanimidade, esta extensão, que foi autorizada no Parlamento nesta terça-feira, 27 de outubro. 

O país tem, atualmente, um caso positivo de Covid-19. Ao todo, foram 30 os casos registados desde março, não tendo havido qualquer óbito até ao momento, com 29 já curados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin