Timor Leste

Timor-Leste: Lu-Olo e Ruak discutem militares nas fronteiras

Francisco Guterres Lu-Olo com Taur Matan Ruak
Francisco Guterres Lu-Olo com Taur Matan Ruak

O Presidente de Timor-Leste, Francisco Guterres Lu-Olo, esteve a coordenar com o primeiro-ministro, Taur Matan Ruak, o destacamento de militares para apoiarem a polícia no reforço da segurança nas fronteiras do país.

O objetivo é evitar a migração ilegal, de maneira a travar o contágio da Covid-19, de acordo com o ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fidelis Magalhães.

A preocupação deve-se ao facto de os casos de Covid-19 terem aumentado na Indonésia. Dezenas de pessoas foram já apanhadas a atravessar a fronteira timorense de forma ilegal, tendo sido capturadas e levadas para quarentena.

Além das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL) estarem envolvidas no patrulhamento fronteiriço, o Governo pondera também organizar um reforço dos postos policiais na fronteira terrestre.

O país tem, atualmente, 19 casos ativos de Covid-19, dos quais 18 encontram-se em isolamento em Díli e um em isolamento no enclave de Oecusse-Ambeno. Desde março foi confirmado um total de 69 casos, dos quais 50 já recuperaram.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo