Timor-Leste: Lu-Olo exonera oito membros do Governo

O chefe de Estado timorense, Francisco Guterres Lu-Olo, exonerou oito membros do VIII Governo Constitucional através de decreto presidencial.

De acordo com o comunicado, entre os governantes exonerados encontram-se o ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MNEC), Dionísio Babo, e a ministra da Educação, Juventude e Desporto (MEJD), Dulce de Jesus Soares.

Foram igualmente exonerados o vice-ministro da Educação, Juventude e Desporto, João Zacarias, o vice-ministro da Administração Estatal (MAE), Abílio José Caetano, o Secretário de Estado da Juventude e Desporto, Nélio Isaac Sarmento, o Secretário de Estado para Formação Profissional e Emprego, Julião da Silva, o Secretário de Estado de Cooperativas, Arsénio Pereira da Silva, e o Secretário de Estado para Proteção Civil, Alexandrino Xavier Araújo.

O decreto presidencial foi assinado pelo Presidente da República de Timor-Leste nesta terça-feira, 23 de junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Liga dos Bombeiros Portugueses envia ambulâncias para a Ucrânia

Liga dos Bombeiros Portugueses envia ambulâncias para a Ucrânia

A Liga dos Bombeiros Portugueses anunciou nesta sexta-feira, 04 de março, que vai enviar na segunda-feira para a Ucrânia oito…
Primeiro-ministro português efectua visita de 48 horas à Guiné-Bissau

Primeiro-ministro português efectua visita de 48 horas à Guiné-Bissau

A Guiné-Bissau recebe este sábado 05 Março a visita primeiro-ministro português, António Costa, que permanecerá no país 48 horas. Segundo…
Angola: Isabel dos Santos acusada de ataques informáticos contra imprensa portuguesa

Angola: Isabel dos Santos acusada de ataques informáticos contra imprensa portuguesa

A empresária angolana Isabel dos Santos, filha do ex-Presidente da República José Eduardo dos Santos, está a ser acusada em…
Ucrânia: Conflito causa mais de meio milhão de crianças refugiadas

Ucrânia: Conflito causa mais de meio milhão de crianças refugiadas

A UNICEF avança, através de um comunicado de imprensa, que o conflito na Ucrânia já causou em uma semana mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin