Presidente de Timor-Leste, Francisco Guterres Lu-Olo

Timor-Leste: Lu-Olo pede a órgãos eleitorais que preparem as presidenciais

O Presidente timorense, Francisco Guterres Lu-Olo, pediu à Comissão Nacional de Eleições (CNE) e ao Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) que começassem brevemente a preparação das eleições presidenciais, agendadas para 2022. 

“Peço ao Governo que, através do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral, da CNE e outras instituições relevantes, sejam iniciados, o mais breve possível, os preparativos para as próximas eleições presidenciais”, declarou no 19.º aniversário da restauração da independência de Timor-Leste, assinalado nesta quinta-feira, 20 de maio. 

O chefe de Estado frisou que deve ser assegurada a participação eleitoral do povo, apesar da Covid-19. “No próximo ano decorrerão as eleições presidenciais. Devido à pandemia da Covid-19, enfrentamos diversos desafios na preparação de eleições livres e justas”, lembrou. 

Recorde-se que o ministro da Administração Estatal já tinha referido no dia 12 de maio que o STAE estava a começar a preparar as presidenciais. Encontram-se registados, atualmente, 839.430 eleitores em Timor-Leste e 6.010 no estrangeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique e Tanzânia unem-se para combater crimes transnacionais

Moçambique e Tanzânia unem-se para combater crimes transnacionais

Moçambique e Tanzânia começaram a partilhar a partir desta terça-feira, 27 de setembro, estratégias de Defesa e Segurança para o…
Cabo Verde tem mais de nove mil idosos a sofrer pobreza extrema

Cabo Verde tem mais de nove mil idosos a sofrer pobreza extrema

Os dados do Cadastro Social Único (CSU), divulgados pela Secretária de Estado para a Inclusão Social, Lídia Lima, indicam que…
Angola: BNA reduz taxa de juro base

Angola: BNA reduz taxa de juro base

O Comité de Política Monetária do Banco Nacional de Angola (BNA) reduziu a taxa de juro base em 0,5%. Esta passou…
ONU avisa sobre risco de conflito e mais pobreza no Afeganistão

ONU avisa sobre risco de conflito e mais pobreza no Afeganistão

O representante especial adjunto do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Afeganistão, Markus Potzel, afirmou que a…