Timor-Leste: Mais dois candidatos presidenciais registados no Tribunal de Recurso

Os candidatos presidenciais José Ramos-Horta e Felisberto Araújo Duarte formalizaram as candidaturas junto do Tribunal de Recurso, indica a “Tatoli”.

“Apresentámos o processo de candidatura de José Ramos-Horta ao Supremo Tribunal de Justiça sobre a sua participação nas eleições gerais”, afirmou o Coordenador-Geral da equipa do candidato do CNRT à Presidência da República de Timor-Leste.

Segundo a mesma fonte, a candidatura de Ramos-Horta conta, até ao momento, com 100 apoiantes em cada município e cerca de cinco mil a nível nacional.

Quanto a Felisberto Duarte, declarou que a sua presença no Tribunal de Recurso “prende-se com a apresentação do nosso documento onde consta o registo dos eleitores com vista à minha candidatura a chefe de Estado”.

Foram registados cerca de sete mil eleitores. “Este número de apoiantes é suficiente para me candidatar a chefe de Estado. Recordo que a vitória nas eleições dependerá única e exclusivamente da decisão do povo”, acrescentou o candidato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin