Timor Leste

Timor-Leste: Melhor acesso à internet pode trazer mais de 40 milhões de euros ao país

© Pxhere

Timor-Leste pode vir a ter benefícios anuais superiores a 40 milhões de euros através de uma ligação internacional de fibra ótica que torne mais rápido o acesso à internet, que está entre os mais caros do mundo.

Esta conclusão é feita por um estudo, chamado “Speed Matters” (“Velocidade Importa”, em português). O mesmo considera que a melhoria do acesso à internet pode representar um aumento total de 23 milhões de dólares (20.343.800 euros) por ano em salários, com mais 4,2% de empregos ou até 16 mil empregos adicionais.

De acordo com o estudo, feito pela universidade australiana Monash e pela Market Development Facility (MDF), “há fortes justificações para uma melhoria significativa da tecnologia”, tendo o mesmo salientado que esta é uma prioridade nos planos de desenvolvimento nacionais, nos objetivos da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), à qual Timor-Leste quer pertencer, e também a nível dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que o país subscreveu.

A análise divulgada refere que o “custo de dados é extremamente elevado em Timor-Leste”, com um preço médio de 500 dólares americanos por megabite/segundo (MBPS), comparado aos 1,8 dólares pagos na indonésia, os 2,09 dólares na Austrália ou os 8,1 dólares no Camboja.

Recorde-se que Timor-Leste é um dos países do mundo que continua sem uma conexão internacional por cabo de fibra ótica, com o país a ter que aceder à internet através de conexões por satélite, o que afeta bastante a qualidade da rede e faz aumentar o preço.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo