Timor Leste

Timor-Leste: Ministra interina da Saúde garante união do Ministério após divulgação de áudio

Parlamento de Timor-Leste

A ministra interina da Saúde de Timor-Leste, Élia Amaral, declarou que o áudio divulgado nas redes sociais, onde se pode ouvir uma discussão que teve com o vice-ministro para o Desenvolvimento Estratégico da Saúde, foi um “desentendimento normal”.

“É uma oportunidade para clarificar a gravação que se tornou viral nas redes sociais”, afirmou a governante, que desempenha igualmente a função de vice-ministra para os Cuidados de Saúde Primários, referindo-se à conferência de imprensa conjunta com o vice-ministro para o Desenvolvimento Estratégico da Saúde, Bonifácio Maukoli dos Reis, realizada na segunda-feira, 09 de dezembro, na presença dos vários diretores do Ministério de Saúde.

“Tratou-se de um desentendimento interno. Os desentendimentos dentro das instituições são normais e não afetou o serviço de atendimento à população, nem o desenvolvimento da instituição”, disse ainda a mesma fonte, que reiterou a inexistência de qualquer mal-estar entre os dois titulares.

Segundo Élia Amaral, os dois membros do Governo mantiveram sempre “boas linhas de coordenação”. Quanto ao “funcionário que gravou e que tornou a informação pública”, já está sob investigação para ser apurada a motivação do sucedido.

“Os desentendimentos acontecem. Mas somos uma só família e é dentro de casa que se resolvem estes desentendimentos. Temos que nos respeitar mutuamente. Isso é o mais importante”, concluiu.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo