Timor-Leste: Ministro das Finanças comenta ajuda da diáspora

O ministro das Finanças de Timor-Leste, Rui Gomes, afirmou que os timorenses que vivem no estrangeiro podem ajudar na diversificação da economia do país e combater assim o previsível precipício fiscal. As remessas da diáspora são a segunda maior fonte de receita do país, depois do petróleo. 

“Vejo uma oportunidade para diversificar as fontes de receitas nacionais. Através da exploração e introdução de uma obrigação com maturidade de curto e médio prazo e baixo rendimento, que tem o potencial de financiar importantes setores da economia, incluindo o turismo, a agricultura, a saúde e a educação”, afirmou nesta segunda-feira, 20 de junho, de acordo com a “Lusa”. 

 As declarações foram feitas em Díli, durante a apresentação da Estratégia Nacional da Política de Envolvimento e Remessas da Diáspora, “o primeiro documento do tipo a definir uma estratégia para o que se tornou uma das principais fontes de receitas para as famílias timorenses”

O documento, prosseguiu o governante, “ajudar-nos-á a desenvolver incentivos e reformas para que essas contribuições individuais dos que estão na diáspora mudem para abordagens mais coletivas, para que possam ter um efeito transformador na nossa economia”

O Governo estima que existem cerca de 39 mil timorenses a trabalhar em todo o mundo e a enviar remessas para Timor-Leste. Segundo Rui Gomes, em 2021 as remessas totalizaram 170 milhões de dólares, o que representa 8,7% do Produto Interno Bruto não petrolífero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde: Governo estima inflação de 8%

Cabo Verde: Governo estima inflação de 8%

O Governo cabo-verdiano prevê que a inflação do país pode chegar aos 8% em 2022. Se isso acontecer, será a…
Angola: PRS acolhe 500 ex-filiados da FNLA

Angola: PRS acolhe 500 ex-filiados da FNLA

O Partido de Renovação Social (PRS) recebeu no sábado, 18 de junho, cerca de 500 ex-filiados da Frente Nacional de…
Angola: PHA formaliza candidatura às eleições gerais

Angola: PHA formaliza candidatura às eleições gerais

O recém-criado Partido Humanista Angolano (PHA), da jornalista Florbela Malaquias, vai formalizar na quinta-feira, 23 de junho, a sua candidatura…
Brasil: "Escobar brasileiro" preso na Hungria com ajuda da polícia portuguesa

Brasil: "Escobar brasileiro" preso na Hungria com ajuda da polícia portuguesa

A polícia da Hungria prendeu hoje (21/06), em Budapeste, Sérgio Roberto de Carvalho, o Major Carvalho, 63 anos, também conhecido…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin