Timor-Leste: MSSI focado em implementar oito projetos em 2021

O Chefe do Gabinete de Estudo e Planeamento do Ministério da Solidariedade Social e Inclusão (GEPI-MSSI), Gil da Cruz, afirmou que o MSSI quer implementar em 2021 oito projetos em áreas prioritárias. 

“A proposta orçamental do MSSI para o ano de 2021 é de 62,760 milhões de dólares, verba esta que incidirá na prossecução de oito programas considerados prioritários”, acrescentou. 

Ainda de acordo com o dirigente, no próximo ano farão parte do pacote orçamental projetos como uma política baseada na igualdade de género, a reabilitação social e a recuperação de pessoas com deficiência. 

Também foi mencionada reintrodução da inclusão comunitária, o sistema integrado de proteção social, a promoção e a proteção dos direitos das crianças, além da boa governação. 

“Dispomos de um plano principal que contém, ao todo, oito programas considerados prioritários para serem postos em marcha no próximo ano”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin