A imagem é liberada livre de copyrights sob Creative Commons CC0. Você pode baixar, modificar, distribuir e usá-los royalty free para qualquer coisa que você gosta, mesmo em aplicações comerciais. A atribuição não é obrigatória.

Timor-Leste pede à Coreia do Sul regresso de trabalhadores timorenses

O Diretor-Geral da Secretaria de Estado para a Formação Profissional e Emprego (SEFOPE), Paulo Alves, informou que vai enviar uma carta oficial ao Ministério do Trabalho e Emprego da Coreia do Sul, com o objetivo de pedir a autorização de regresso a este país de 400 trabalhadores timorenses de várias empresas sul-coreanas. 

Ainda segundo a mesma fonte, a SEFOPE irá aguardar a resposta do Governo sul-coreano e aceitará a decisão do mesmo, seja ela qual for. 

“Se o Governo da Coreia do Sul responder afirmativamente ao nosso pedido e autorizar os nossos cidadãos a regressarem ao país para retomarem o trabalho nas empresas coreanas, o Executivo timorense estará pronto para os enviar para a Coreia do Sul”, acrescentou. 

O embaixador da Coreia do Sul em Timor-Leste, Kim Jeong Ho, discutiu recentemente a renovação de contrato dos trabalhadores timorenses em questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin