Timor Leste

Timor-Leste: PGR pede união no combate ao crime organizado

O Procurador-Geral da República (PGR) de Timor-Leste, José Ximenes, apelou para que todos contribuam no combate ao crime organizado. Isto porque, explicou, apesar de haver um gabinete para o controlo de crimes como corrupção, tráfico de droga, branqueamento de capitais e tráfico humano, é importante que todos ajudem a acabar com esses males no país. 

“Para combater o crime organizado precisamos da contribuição de todos, nomeadamente dos órgãos de comunicação social na difusão de informações”, afirmou após a reunião com o Presidente da República, Francisco Guterres Lu-Olo. 

A agenda da PGR informa que ocorreu nesta quinta-feira, 19 de novembro, o processo de destruição de três quilogramas de droga, tendo sido apreendidos pelas autoridades. 

Ximenes disse ainda que o chefe de Estado ficou a par das atividades processuais do Ministério Público, no período compreendido entre 01 de janeiro e 31 de outubro deste ano, a nível nacional. 

“Durante dez meses deram entrada no Ministério Público mais de cinco mil processos-crime, estando três mil pendentes, o que ultrapassa, assim, a nossa capacidade de resposta”, partilhou igualmente. 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo