Timor Leste

Timor-Leste: PNTL prende ex-presidente da CFP

A Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) deteve o antigo presidente da Comissão da Função Pública (CFP), Libório Pereira. O réu é suspeito de crimes de participação económica em negócio.

Esta operação, levada a cabo pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) da PNTL, decorreu no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MNEC), onde o suspeito ocupava atualmente as funções de diretor da Agência de Cooperação de Timor-Leste (ACTL).

Ainda não foram avançadas informações concretas sobre o processo em causa. Sabe-se apenas que o mesmo está relacionado com alegados crimes realizados até ao fim do mandato de Libório Pereira, em 2017, devendo o visado ser ouvido nos próximos dias no Tribunal Distrital de Díli.

O código penal timorense prevê que crimes de participação económica em negócio de funcionários públicos sejam punidos com penas de prisão de entre dois e oito anos. Tal pode agravar-se para entre três a 15 anos caso os prejuízos para o Estado sejam superiores a dez mil dólares (8.280 euros).

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo