Timor-Leste: PNUD e MAE apoiam próxima eleição presidencial

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Ministério da Administração Estatal (MAE) lançaram nesta segunda-feira, 19 de abril, o projeto com o tema “Covid-Eleições Resilientes em Timor-Leste” para apoiar a realização da próxima eleição presidencial. 

Este projeto tem sido apoiado pelo PNUD desde 2015, que assinou agora o documento do novo projeto com o Governo timorense. 

O objetivo é apoiar o Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE) e a Comissão Nacional de Eleições (CNE) para levarem a cabo as eleições a nível nacional e municipal. 

O projeto é financiado por uma doação de quatro milhões de dólares norte-americanos (mais de três milhões de euros) vindos do Governo japonês e também 300 mil dólares norte-americanos (250 mil euros) do Executivo timorense. A quantia deverá ser investida em tinta indelével e em programas de educação do eleitor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin