Timor-Leste: Presidente da República atribui posse ao novo Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas

O Presidente timorense, Francisco Guterres Lu-Olo, deu esta segunda-feira, 29 de outubro, posse ao coronel Calisto Santos Coli como Chefe do Estado-Maior das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), que substituiu assim o brigadeiro-general Falur Rate Laek, atual vice-chefe do Estado-Maior General das F-FDTL.

O Chefe de Estado elogiou o coronel, tendo afirmado que Santos Coli foi “um compatriota que, naquelas horas difíceis da luta de libertação nacional, se empenhou nela, exercendo funções tanto de cariz militar como de clandestino”. A cerimónia foi realizada no Palácio Presidencial, na presença das principais figuras de Estado, responsáveis militares, veteranos da luta pela independência, representantes do corpo diplomático e ex-titulares de órgãos de soberania.

Francisco Guterres realçou que o cargo atribuído é “da maior importância na direção” das F-FDTL e que o coronel terá a importante tarefa de garantir que o “desenvolvimento e modernização das Forças Armadas, como dignas continuadoras do espírito, dos valores e determinação das gloriosas FALINTIL [Forças Armadas de Libertação Nacional de Timor-Leste], sejam levadas a cabo de uma forma serena, mas decidida, tendo em conta os interesses da defesa do país”.

“O Estado-Maior Coordenador Conjunto constitui o órgão de planeamento, coordenação, controlo da atividade de Estado-Maior e das Componentes, contribuindo para o apoio à decisão do CEMGFA [Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas] no âmbito do processo da reorganização da estrutura superior das Forças de Defesa, da gestão dos recursos e das infraestruturas, da instrução e doutrina e do planeamento e treino da Componente Operacional do Sistema de Forças”, acrescentou ainda o Presidente de Timor-Leste.

O coronel Calisto Santos Coli tem estado interinamente nestas funções, mas só agora assumiu formalmente a posição de Chefe do Estado-Maior das F-FDTL.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Governo extingue feriados nacionais e é acusado de violar a lei e a história

Guiné-Bissau: Governo extingue feriados nacionais e é acusado de violar a lei e a história

O Governo guineense através do Decreto nº 1/2023 de 19 de Janeiro determinou que 23 de Janeiro, outrora dia dos…
Moçambique: MONARUMO defende isenção do IVA para água e energia

Moçambique: MONARUMO defende isenção do IVA para água e energia

O Movimento Nacional para Recuperação da Unidade Moçambicana (MONARUMO) comentou a recente diminuição do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA),…
Angola garante usar 77% de energia renovável até 2027

Angola garante usar 77% de energia renovável até 2027

O chefe de Estado angolano, João Lourenço, assumiu o compromisso de o país usar 77% de energia renovável até 2027. …
Cabo Verde: Turismo e privatizações financiam fundo contra pobreza extrema

Cabo Verde: Turismo e privatizações financiam fundo contra pobreza extrema

O turismo e privatizações em Cabo Verde decidiram financiar o fundo MAIS, definido pelo Governo e criado com o objetivo…