Timor Leste

Timor-Leste: Presidente do Parlamento exonera secretária-geral

Parlamento de Timor-Leste
Parlamento de Timor-Leste

O presidente do Parlamento de Timor-Leste, Aniceto Guterres Lopes, decidiu exonerar a secretária-geral do Parlamento. No entanto, Cedelizia Faria dos Santos não aceitou a decisão e partilhou que vai contestar judicialmente a sua exoneração do cargo da qual foi informada, por carta, pelo dirigente do órgão de soberania. 

“Não sabia de nada, o senhor presidente nunca me chamou e recebi hoje de manhã, de forma inesperada, o despacho que me exonera com efeitos a partir de hoje”, declarou nesta terça-feira, 24 de novembro. 

“Vou contestar a exoneração. Esta decisão não é justa e tem que ser levada à justiça. Acho que a justiça tem que avaliar”referiu ainda. 

Faria dos Santos salientou também que assumiu o cargo após um processo de recrutamento normal, o que ocorreu a 13 de setembro de 2019. 

Segundo a própria, tal decisão poderá ter sido tomada pelo facto de não ter facilitado a realização de reuniões plenárias em maio, altura do processo de destituição do antigo presidente do Parlamento, Arão Noé Amaral. 

“Naquela altura o presidente do parlamento era o deputado Arão Noé Amaral e a convocatória da plenária não é minha competência. Se não fosse agenda, não o poderíamos fazer nós”, justificou. 

“É estranho depois de tantos meses a trabalhar, quase sete meses, vir agora esta exoneração. Desde a tomada de posse do atual presidente todos os processos decorreram de forma normal. Organizei tudo. O plenário, bancadas e Conselho de Administração decorreram com total normalidade”concluiu.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo