Timor-Leste quer enviar mais trabalhadores para Austrália e Coreia do Sul

A Direção Nacional do Emprego Exterior da Secretaria de Estado para a Formação Profissional e Emprego (SEFOPE) em Timor-Leste está a ultimar os preparativos para o envio de mais trabalhadores timorenses para a Austrália e a Coreia do Sul

Segundo a “Tatoli”, o Diretor Nacional do Emprego Exterior da SEFOPE, Filomeno Soares, afirmou que “o Governo tem um plano que visa definir em concreto o número de trabalhadores a ser destacado para o estrangeiro”

Está previsto que a Coreia do Sul receba, neste ano, 500 trabalhadores timorenses. Quanto à Austrália, Filomeno Soares avançou que poderão ser enviados 300 trabalhadores, no âmbito do programa Esquema de Trabalho do Pacífico. Já no quadro do Programa Trabalhador Sazonal, o Governo quer enviar 2.500 trabalhadores. 

O número de trabalhadores a ser destacado para os dois países dependerá do pedido oficializado por casa empresa, explicou a mesma fonte. Outro fator será a evolução da situação epidemiológica da Covid-19 nestes países.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: PAICV comenta abandono da barragem de Canto de Cagarra

Cabo Verde: PAICV comenta abandono da barragem de Canto de Cagarra

Os deputados do PAICV eleitos por Santo Antão alertaram nesta quinta-feira, 05 de janeiro, para a situação de abandono da…
Mães e crias em migrações pouco pacíficas

Mães e crias em migrações pouco pacíficas

Uma mãe e a sua cria nadam, lado a lado, ao longo da costa numa zona de águas baixas. Depois…
Angola: FNLA fala de planos para 2023

Angola: FNLA fala de planos para 2023

O líder da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), Nimi a Nsimbi, comentou as atividades relevantes para este ano de…
Moçambique: PRM dá nota positiva ao balanço da quadra festiva

Moçambique: PRM dá nota positiva ao balanço da quadra festiva

Decorreu ontem, 05 de janeiro, em Maputo, a reunião de balanço da quadra festiva, à qual os representantes da Polícia…