Timor-Leste quer trabalhar com ONU contra alterações climáticas

furacão; ciclone; clima

A ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Timor-Leste, Adaljiza Magno, declarou que o país está empenhado em trabalhar com a Organização das Nações Unidas (ONU) na concretização da solidariedade global contra as alterações climáticas. 

A informação foi avançada através de um comunicado, divulgado pela agência de notícias “Tatoli”. “Acreditamos que as Nações Unias são um fórum indispensável que permite aos países sentarem-se juntos e encontrarem soluções para o problema do aquecimento global”, pode ler-se no documento, que cita Adaljiza Magno. 

As afirmações foram feitas por ocasião da celebração do dia da ONU. Segundo a ministra timorense, o multilateralismo é a principal opção para abordar as alterações climáticas, uma vez que os problemas globais não podem ser resolvidos por um único país. 

A ONU referiu no mesmo comunicado que Timor-Leste é vulnerável aos impactos das alterações climáticas. “A adaptação às mudanças climáticas e a gestão do risco de desastres naturais são prioridades essenciais para a cooperação entre o Governo e as Nações Unidas em Timor-Leste”, indica a nota, que menciona o Coordenador Residente da ONU, Roy Trivedy.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Governo libanês reverte apelo para investigar crimes de guerra de Israel no Líbano

Governo libanês reverte apelo para investigar crimes de guerra de Israel no Líbano

Esta semana, o governo libanês anunciou que pretende recuar no pedido de investigações de crimes de guerra israelitas em solo…
Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Foi inaugurado, segunda-feira, em Santa Catarina, o Centro de Cuidados de Crianças e Adolescentes com Necessidades Especiais. Localizado no edifício…
África do Sul: Comissão Eleitoral Independente continua a processar os resultados da eleição de 29 de Maio

África do Sul: Comissão Eleitoral Independente continua a processar os resultados da eleição de 29 de Maio

Os órgãos eleitorais da África do Sul esperaram concluir este fim-de-semana a contagem dos votos das eleições gerais de 29…
Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

A organização internacional católica Ajuda à Igreja que Sofre (Fundação AIS) está em estreito contacto com os seus parceiros locais…