Timor-Leste: Ramos-Horta enaltece evolução das F-FDTL

O chefe de Estado timorense, José Ramos-Horta, está satisfeito com a evolução das FALINTIL – Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL) ao longo dos últimos 20 anos. No entanto, gostaria que a instituição estivesse mais desenvolvida. 

Nesse sentido, garantiu que vão ser realizados esforços para acelerar e atingir um desenvolvimento significativo nos próximos cinco a dez anos. Entretanto, apelou às Forças Armadas que continuassem a assegurar a paz e a estabilidade como têm feito até ao momento. 

“Peço à instituição que mantenha a missão de paz e segurança e coopere com os bombeiros, a polícia e os líderes comunitários para prestarem assistência humanitária à população quando ocorrerem catástrofes naturais”, afirmou, citado pela “Tatoli”. 

As declarações foram feitas à margem de uma visita do governante ao Quartel-Geral das F-FDTL para observar o progresso e desenvolvimento da instituição militar. 

Ramos-Horta lembrou que a missão das Forças Armadas encontra-se definida na Constituição e que o papel fundamental dos militares consiste na manutenção da integridade e da soberania do Estado, além da assistência à comunidade, em cooperação com a Polícia Nacional de Timor-Leste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola participa em missão de paz da ONU no Sudão do Sul

Angola participa em missão de paz da ONU no Sudão do Sul

Angola passa a integrar o contingente de efetivos da Missão de Paz das Nações Unidas no Sudão do Sul (UNMISS),…
Portugal ajuda Ucrânia por reconhecer o "absurdo" da guerra

Portugal ajuda Ucrânia por reconhecer o "absurdo" da guerra

O ministro da Educação de Portugal, João Costa, declarou nesta terça-feira, 05 de julho, que o apoio do país à…
Revista de Imprensa Lusófona de 05 de julho de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 05 de julho de 2022

Na Guiné-Bissau a “ANG” avança que o “Presidente da República nomeia Ilídio Vieira Té como novo ministro das Finanças”. O…
Voo histórico de Gago Coutinho e Sacadura Cabral recriado pela TAP com Marcelo Rebelo de Sousa a bordo

Voo histórico de Gago Coutinho e Sacadura Cabral recriado pela TAP com Marcelo Rebelo de Sousa a bordo

Em 1922 foram necessárias mais de 60 horas de voo e oito escalas para Gago Coutinho e Sacadura Cabral completarem…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin