Timor-Leste: Ramos-Horta fala sobre transição energética na ONU

O Presidente timorense, José Ramos-Horta, discursou na 78.ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), onde fez um balanço dos 21 anos de democracia no país.

O governante mencionou também a melhoria de indicadores sociais em Timor-Leste, bem como os desafios que ainda existem, entre os quais o da pobreza, insegurança alimentar e violência doméstica.

Ramos-Horta aproveitou igualmente a ocasião para defender uma transição energética que considere as necessidades de nações frágeis. A seu ver, o objetivo da abordagem referente à transição energética deve consistir em “garantir que a transição energética não piore a situação de segurança em países vulneráveis e frágeis”.

Neste sentido, sugeriu uma iniciativa para “acelerar a transição energética justa em países em desenvolvimento frágeis, que dependem fortemente da produção de petróleo e gás, para prevenir turbulências e agitações”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: RENAMO exige suspensão da data de repetição das autárquicas

Moçambique: RENAMO exige suspensão da data de repetição das autárquicas

A RENAMO anunciou, esta semana, que vai interpor uma providência para suspender a repetição das eleições autárquicas, marcadas para 10…
Moçambique: Centro de Formação Profissional de Pemba inaugura instalações de carpintaria e mercenária

Moçambique: Centro de Formação Profissional de Pemba inaugura instalações de carpintaria e mercenária

Foi inaugurado, no início desta semana, em Pemba, na província de Cabo Delgado, uma carpintaria e uma marcenaria do Centro…
Angola: MPLA quer jovens em ações de desenvolvimento

Angola: MPLA quer jovens em ações de desenvolvimento

A primeira-secretária do MPLA no Cunene, Gerdina Didalelwa, defende a participação ativa dos jovens em ações destinadas ao desenvolvimento socioeconómico…
Moçambique quer retomar acordo com África do Sul sobre extradição de prisioneiros

Moçambique quer retomar acordo com África do Sul sobre extradição de prisioneiros

A ministra da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos de Moçambique, Helena Kida, espera que o país que representa e a…