Timor-Leste recebe apoio de 2,5 milhões de dólares do Japão

O Governo do Japão anunciou que vai apoiar o ministério da Justiça de Timor-Leste com 2,5 milhões de dólares norte-americanos. O objetivo é proceder assim à implementação do projeto de desenvolvimento do Sistema de Registo e Certidões de Nascimento no país.

Esse projeto será então financiado pelo Governo japonês através do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) em Timor-Leste.

“Este registo é de extrema importância. O Estado tem a obrigação de efetuar a identificação de cada criança no sentido de lhe dar acesso a serviços sociais básicos, como cuidados de saúde, educação e segurança social”, declarou o embaixador do Japão, Masami Kinefuchi.

A afirmação foi feita no discurso realizado no edifício do Notariado, em Colmera. “O apoio do Governo timorense visa fazer subir a taxa do registo das crianças com menos de cinco anos”, explicou.

Para o diplomata, a taxa do registo de nascimento é reveladora da incapacidade do país em registar todas as crianças. Como tal, o Executivo quer ajudar a desenvolver o sistema.

Por sua vez, o ministro timorense da Justiça, Manuel Cárceres, agradeceu ao Governo japonês e à UNICEF o apoio ao país que representa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Brasil: Guerra leva o país a escolher produzir fertilizantes em terras indígenas ou comprar do Irão 

Brasil: Guerra leva o país a escolher produzir fertilizantes em terras indígenas ou comprar do Irão 

A ministra da Agricultura do Brasil Tereza Cristina anunciou que vai apresentar um plano nacional para produção de fertilizantes no…
Moçambique: exoneração de Membros do Governo

Moçambique: exoneração de Membros do Governo

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, no uso das competências que lhe são conferidas pela alínea a) do número…
Brasil não assina adesão à ação de 39 países contra o governo de Vladimir Putin 

Brasil não assina adesão à ação de 39 países contra o governo de Vladimir Putin 

O governo brasileiro não aderiu a uma ação de 39 países que solicitaram a abertura de investigações formais contra o…
Brasil vota nas Nações Unidas pela imediata retirada das tropas russas da Ucrânia 

Brasil vota nas Nações Unidas pela imediata retirada das tropas russas da Ucrânia 

A despeito da posição “neutra” declarada pelo presidente Jair Bolsonaro, o Brasil votou nesta quarta-feira (2) pela imediata retirada das…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin