Timor-Leste regista caso de Covid-19 importado pela fronteira

As autoridades timorenses anunciaram a existência de um novo caso positivo da Covid-19 no país. Trata-se do 30.º desde março, início da pandemia. 

Segundo a coordenadora-geral da Comissão nacional de Controlo do Surto da Covid-19, Odete da Silva Viegas, o novo infetado é um homem de 59 anos que entrou no país no dia 16 de outubro. O doente viajou depois para Díli, onde se encontrava então em quarentena. 

Na semana passada começou a mostrar sintomas e foi testado, tendo o resultado acabado por ser positivo. A confirmação foi avançada nesta segunda-feira, 26 de outubro. 

Entretanto, o único paciente que até então ainda tinha Covid-19 no país, tratando-se do 29.º caso, já está recuperado e teve alta. Era um homem que tinha chegado a Timor-Leste por via aérea, segundo as autoridades. 

O país tem, atualmente, um caso ainda ativo. No total de 30 casos positivos, 29 recuperaram, não havendo assim nenhum óbito. 

São cerca de 362 as pessoas que estão em quarentena, em instalações ou hotéis do Governo, e 263 em autoconfinamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin